Quinta, 16 de Setembro de 2021
30°

Nuvens esparsas

João Pessoa - PB

Política Política

LARANJAS: saiba quem são as candidatas que podem impugnar coligação; MPE recomendou perda de mandato de 3 deputados na ALPB

No início da semana, o Ministério Público Eleitoral (MPE) deu parecer favorável à impugnação da coligação

28/08/2021 às 20h17
Por: Valdemir Zilan Fonte: Samuel de Brito
Compartilhe:
LARANJAS: saiba quem são as candidatas que podem impugnar coligação; MPE recomendou perda de mandato de 3 deputados na ALPB

No início da semana, o Ministério Público Eleitoral (MPE) deu parecer favorável à impugnação da coligação “Força do Trabalho V” após acolher uma denuncia de candidaturas laranjas utilizadas pelos partidos que compõem a chapa. A decisão, se confirmada, atinge três deputados estaduais: Dr. Érico e Bosco Carneiro, ambos do Cidadania; e Chió, da Rede. A coligação contava ainda com o DEM e PMN.

 

O processo foi movido pela coligação “A Força da Esperança II” em janeiro de 2019, logo após as eleições. Rodolfo Alves Silva, procurador Regional Eleitoral, apontou que a fraude compreendeu nove candidaturas femininas fictícias. Todas as coligações ou partidos precisam lançar, pelo menos, 30% de candidaturas de mulheres. “O lançamento de candidaturas fictas visou ao preenchimento de quota de gênero (art. 10, § 3º, da Lei nº 9.504/97) e à apropriação de verbas do Fundo Especial de Financiamento de Campanha feminino”, diz trecho do parecer.

 

A palavra laranja define alguém que assume uma função no papel, mas não na prática. Isso quer dizer que o laranja cede seu nome, com ou sem consentimento, para outra pessoa utilizar. Por isso, o candidato “laranja” é o candidato de fachada, aquele que entra na eleição sem a intenção de concorrer de fato, com objetivos que podem ser irregulares, como desviar dinheiro do fundo eleitoral ou cumprir a cota de mulheres candidatas no partido.

 

Nesses casos, os candidatos e candidatas laranjas emprestam o nome para concorrer, mas na verdade fazem parte de um esquema com outras pessoas. Pela lei, os partidos são obrigados a ter no mínimo 30% de mulheres candidatas. A decisão do TSE visa reduzir a desigualdade de gênero na política. Mas, para cientistas políticos, essas candidaturas podem existir só no papel. Em 2018, houve um aumento no número de candidatas laranjas.

 

“Já constatamos em eleições anteriores que muitas das candidaturas de mulheres foram apresentadas para cumprir apenas os requisitos legais”, afirma Marcelo Issa, do Transparência Partidária, em entrevista. “É preciso criar mecanismo de auditorias mais eficientes e, também, penalizar de maneira mais severa as agremiações que realizarem esse tipo de expediente”, conclui.

 

 

Segundo apuração do Polêmica Paraíba, entre as nove candidaturas suspeitas encontradas pelo MPE na Coligação “Força do Trabalho V”, duas não tiverem nenhum voto, ou seja, não tiveram sequer a própria “confiança”. Outras duas tiveram 3 e 5 votos, uma delas realizou campanha para outra candidata. O levantamento considera ainda a quantia recebida pelas candidatas decorrentes do Fundo Eleitoral. Luma Gouveia, do DEM, recebeu R$ 150.350 para investir em sua campanha, mas teve apenas 90 votos.

 

Três candidatas nem chegaram a concorrer pois tiveram a candidatura indeferida. Alcelina Bernardo dos Santos (Cidadania, à época PPS), registrada pela coligação como candidata, nem sabia que seria candidata e não autorizou a formalização de seu pedido de registro de candidatura.

 

Joseane Soares da Silva (Cidadania) também é fictícia pois não se desincompatibilizou para disputar cargos em 2018, somente subscreveu o seu requerimento de registro de candidatura após ser ouvida pelo Ministério Público Eleitoral, não abriu contas bancárias, deixou de realizar despesas de campanha e omitiu documentos essenciais à participação no pleito.

 

Maria Campos de Lacerda (Cidadania) teve o registro indeferido ao não apresentar os documentos exigidos por lei.

 

Yohanie Stepanhie Sousa Melo (Cidadania), indicada em substituição a Alcelina, não teve votos, nem fez campanha.

 

Maria Delzane Bezerra de Souza (Cidadania) substituiu Maria Campos de Lacerda, porém não tinha conhecimento inequívoco de sua filiação a partido político e não realizou campanha eleitoral.

 

Mairla Ranielly Gomes Leite (PMN) não realizou campanha e obteve apenas três votos.

 

 

Lilian da Silva Bandeira (Cidadania) obteve apenas cinco votos e realizou campanha para Fabíola Rezende.

 

Juliana Lima da Silva (Cidadania), embora já tivesse sido eleita aos cargos de vereadora e de vice-prefeita Sumé/PB, obteve apenas vinte e nove votos em 2018, o que causa estranheza, pois seu marido conseguiu 744 votos na mesma eleição.

 

Luma Alves Gouveia (DEM) foi candidata fictícia em 2016, pois pediu votos em benefício de outro candidato,. Em 2018, recebeu R$ 150.000,00 de seu partido e obteve apenas 90 votos. Ela contratou familiares para prestar serviços

em sua campanha, deixou de realizar agendamento de propaganda de rua em João Pessoa, gastou R$ 113.000,00 em material impresso de campanha, seja na confecção ou distribuição, sem que houvesse eventos eleitorais a justificar o material, e contratou R$ 35.000,00 em marketing digital, embora o seu perfil no Facebook não contivesse alusão a sua candidatura.

 

Zero votos:

 

Stephanie Vital (PPS) – não recebeu

 

Maria Delzane (PPS) – sem prestação de contas

 

3 votos:

 

Mairla Gomes (PMN) – recebeu R$ 954

 

5 votos:

 

Lilian Bandeira (PPS) – sem prestação de contas

 

 

29 votos:

 

Juliana Lima (PPS) – não recebeu

 

90 votos:

 

Luma Gouveia (DEM) – recebeu R$ 150.350

 

Não disputaram:

 

Alcelina Bernardo dos Santos (PPS)

 

Joseane Soares da Silva (PPS)

 

Maria Campos de Lacerda (PPS)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB Atualizado às 13h12 - Fonte: ClimaTempo
30°
Nuvens esparsas

Mín. 24° Máx. 29°

Sex 30°C 23°C
Sáb 28°C 22°C
Dom 29°C 22°C
Seg 29°C 22°C
Ter 30°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias